domingo, 8 de maio de 2016

Gustavo Speridião



Gustavo Speridião produz desenhos, colagens, pinturas, instalações, esculturas, fotografias e vídeos. Explora situações da vida cotidiana através de um olhar espirituoso e atento a composições formais e de cor. Apesar de sua recente produção, Speridião já participou de exposições em instituições como a Maison Européene de La Photographie (Paris), La Biennale de Lyon (2013), o Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, a Oficina Cultural Oswald de Andrade (São Paulo). Dentre os prêmios recebidos, destacam-se o Projéteis Artes Visuais, da Funarte, em 2007 e o Marcantônio Villaça/FUNARTE (Aquisição para o acervo do Museu de Arte Contemporânea de Niterói), em 2010. Sua obras estão em importantes coleções pública como a do Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, a Coleção Gilberto Chateaubriand (Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro), a do Museu de Arte Contemporânea de Niterói e a do Museu de Arte do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro).
A abordagem de Gustavo Speridião para fazer arte é regido pela idéia de kino-Glaz , uma técnica russa avant-garde que traduzir em ações "cinema de olhos." Speridião tem sua idéia de que o meio artístico imita o olhos humanos, aplicando a técnica para explorar situações da vida cotidiana. Sua prática multimídia inclui desenhos, colagens, pinturas, instalações e esculturas de aglutinação, embora ele é talvez melhor conhecido por sua fotografia e cinema. O trabalho de Speridião se caracteriza por suas justaposições espirituoso de imagens, atenção à linguagem, e atenção ao enquadramento e cor.Seu trabalho, tanto se envolve com e critica a história da arte, as tradições em fotografia, e da cultura visual contemporânea.








Nenhum comentário:

Postar um comentário